IPI dos carros Importados nas alturas

Mas que grande mancada do Governo Dilma. Que TERROR!!!

A notícia:

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem à noite, dia 15 de setembro de 2011, que haverá aumento imediato de 30% no IPI (Imposto sobre produtos Industrializados) para os carros importados. Esta medida será nula caso o fabricante ponha no mínimo 65% de conteúdo nacional no veículo e que o mesmo seja produzido completa ou parcialmente em nossas terras e terá validade até o final de 2012.

Em seu pronunciamento, Mantega, justificou a medida como forma de proteger os empregos locais dizendo que “O consumo interno está crescendo, mas a demanda está sendo atendida principalmente pelos importados”

O comentário (indiguinado) :

Pra início de conversa, essa medida quebrou de cara o acordo firmado na Organização Mundial do Comércio (OMC) por ser uma medida PROTECIONISTA no qual proíbe que um produtos estrangeiro seja discriminado nos impostos locais.

O Brasil já estava cobrando o valor máximo de impostos para os importados que era de 30% e agora resolve sobrataxar esse absurdo com mais 30% pra quem não se “Nacionalizar”.

Bem que podiam BAIXAR o IPI e promover concorrência das “Nacionais” diante as Importadas. Mas como estamos no Brasil… tome mais imposto.

As empresas “Nacionais” (VW, Ford, Chevrolet e Fiat) importam tambem seus produtos e não investe NADA em tecnologia. Vide que ainda vemdem Kombi, Classic, Mille, KA. Carros sem proposta de seguraça e de qualidade duvidosa.

Esta medida pode literalmente sair pela culatra, ou pelo escapamento mesmo.

  • Retaliação de países que se sentem prejudicados podendo atingir outras áreas de consumo e por consequencia uma desindustrialização por aqui.
  • Dando subsidios aos carros “Nacionais” (sem segurança) o contribuinte corre mais riscos andando nesses carros e caso haja acidente o indivíduo vai parar no hospital já ultralotado aumentando os custo com a saúde, quando isso tudo PODERIA ser evitado se o mesmo tivesse um carro importado.
  • Empresas novas nem passarão mais perto do Brasil e redicionarão seus recursos para outros países.
  • AS “NAcionais” podem pegar uma carona e aumentar os preços dos que não são importados.

São tantas coisas erradas que esse post não teria fim.

Brasileiro sempre paga o pato e agora paga tambem o ganso, a mula, o jumento, a galinha ……

Precisamos tomar atitude e pintar a cara, bater panelas e RECLAMAR mesmo!!! sem mimimi

 

Anúncios